18/05/2018 _Espionagem, fake News, etc: quem ganha na guerra de mercado?
Espionagem, fake News, etc: quem ganha na guerra de mercado?

É comum vermos verdadeiras batalhas nos mercados, o que inclui concorrentes se digladiando na mídia, digladiando-se em promoções, digladiando-se por espaço nos pontos de vendas. E no geral, qual é o resultado destas guerras? Nenhuma vantagem.  Na maioria das vezes, resultam apenas em prej...

Leia mais
10/05/2018 _Porque a propaganda brasileira gosta tanto de humor?
Porque a propaganda brasileira gosta tanto de humor?

Geralmente o brasileiro é visto como um humorista natural, mas, a verdade é como dizem os humoristas: “É muito mais fácil fazer chorar do que fazer rir”. E fazer humor e vender alguma marca ou produto sem melindrar as hordas do “politicamente correto” sem causar prejuízos de imagem é u...

Leia mais
14/03/2018 _A tecnologia pode quebrar o seu negócio
A tecnologia pode quebrar o seu negócio

Um bom exemplo deste fenômeno é o “case” da Kodak. Há uns poucos anos a Eastman Kodak era uma gigante, a maior fabricante de insumos fotográficos. Tinha um R&D fantástico, que pesquisava e desenvolvia produtos e materiais de ponta. Eram quase 150 mil funcionários espalhados por todo o mund...

Leia mais
05/02/2018 _Testes de Impacto de Comercial de TV
Testes de Impacto de Comercial de TV

No século 19 já era usado um método de pesquisa para avaliação de anúncios, chamado, em uma tradição livre, de teste de anúncio. Em 1920 este teste era padrão, sendo oferecido aos clientes por empresas de pesquisa de mercado e pelas agências de propaganda. Ainda nos primórdios das trans...

Leia mais
06/12/2017 _Por que o Toddy não se mistura ao leite?
Por que o Toddy não se mistura ao leite?

Durante o processo de compra da Toddy pela Quaker, adquirimos o “back data” da Nielsen e descobrimos que este achocolatado vinha perdendo mercado há muitos anos. Na ocasião, o Toddy estava com pouco mais de 12% de share, enquanto o Nescau passava dos 40%. A Quaker era uma empresa do tipo “re...

Leia mais
16/11/2017 _Como o lançamento de absorventes higiênicos descartáveis rompeu tabus no Brasil
Como o lançamento de absorventes higiênicos descartáveis rompeu tabus no Brasil

Há quem pense que os absorventes higiênicos descartáveis são coisa da idade moderna, mas os primeiros registros, pasmem, forram encontrados em manuscritos de Hipócrates (460-370 a.C).  Porém, o seu uso comercial data apenas de 1890, quando na Alemanha bandagens colocadas sobre a calcinha...

Leia mais